Salmo 91 e 66 – O que Eles tem em Comum?

O salmo 66 é um salmo de celebração, glória e louvor a Deus.

É um salmo de redenção dos inimigos e todos os seres da Terra á Deus e suas obras.

É um salmo que mostra que Deus ajuda mesmo quando a forma que Ele age parece errada, pois com seu poder nenhum mal terá voz.

Deus precisa escutar o nosso louvor, para que Ele nos sustente e não permita que sejamos abalados.

Ele nos aguçou e nos angustiou. Nos fez passar por provações, mas nos recompensou.

Assim como fica provado no salmo 91, onde é afirmado que, quem confia em Deus, pode relaxar, pois se afirma a sua fé sem medo, será livre de todo e qualquer mal.

Estará protegido e viverá em verdade, sem medo, durante toda a vida, pois à sua volta, todos cairão, menos você.

Pois os olhos de Deus tudo vê, e Ele vê quem faz Dele um abrigo contra o mal.

Á seguir, deixo os dois salmos para sua leitura e para que você tire as suas próprias conclusões sobre a reflexão cima e sobre a relação entre esses dois salmos.

Salmo 66

Celebrai com júbilo a Deus, todas as terras.
Cantai a glória do seu nome; dai glória ao seu louvor.
Dizei a Deus: Quão tremendo és tu nas tuas obras! Pela grandeza do teu poder se submeterão a ti os teus inimigos.
Todos os moradores da terra te adorarão e te cantarão; cantarão o teu nome. (Selá.)
Vinde, e vede as obras de Deus: é tremendo nos seus feitos para com os filhos dos homens.
Converteu o mar em terra seca; passaram o rio a pé; ali nos alegramos nele.
Ele domina eternamente pelo seu poder; os seus olhos estão sobre as nações; não se exaltem os rebeldes. (Selá.)
Bendizei, povos, ao nosso Deus, e fazei ouvir a voz do seu louvor,
Ao que sustenta com vida a nossa alma, e não consente que sejam abalados os nossos pés.
Pois tu, ó Deus, nos provaste; tu nos afinaste como se afina a prata.
Tu nos puseste na rede; afligiste os nossos lombos,
Fizeste com que os homens cavalgassem sobre as nossas cabeças; passamos pelo fogo e pela água; mas nos trouxeste a um lugar espaçoso.
Entrarei em tua casa com holocaustos; pagar-te-ei os meus votos,
Os quais pronunciaram os meus lábios, e falou a minha boca, quando estava na angústia.
Oferecer-te-ei holocaustos gordurosos com incenso de carneiros; oferecerei novilhos com cabritos. (Selá.)
Vinde, e ouvi, todos os que temeis a Deus, e eu contarei o que ele tem feito à minha alma.
A ele clamei com a minha boca, e ele foi exaltado pela minha língua.
Se eu atender à iniqüidade no meu coração, o Senhor não me ouvirá;
Mas, na verdade, Deus me ouviu; atendeu à voz da minha oração.
Bendito seja Deus, que não rejeitou a minha oração, nem desviou de mim a sua misericórdia.

Salmo 91

Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará.
Direi do Senhor: Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e nele confiarei.
Porque ele te livrará do laço do passarinheiro, e da peste perniciosa.
Ele te cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas te confiarás; a sua verdade será o teu escudo e broquel.
Não terás medo do terror de noite nem da seta que voa de dia,
Nem da peste que anda na escuridão, nem da mortandade que assola ao meio-dia.
Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas não chegará a ti.
Somente com os teus olhos contemplarás, e verás a recompensa dos ímpios.
Porque tu, ó Senhor, és o meu refúgio. No Altíssimo fizeste a tua habitação.
Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda.
Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos.
Eles te sustentarão nas suas mãos, para que não tropeces com o teu pé em pedra.
Pisarás o leão e a cobra; calcarás aos pés o filho do leão e a serpente.
Porquanto tão encarecidamente me amou, também eu o livrarei; pô-lo-ei em retiro alto, porque conheceu o meu nome.
Ele me invocará, e eu lhe responderei; estarei com ele na angústia; dela o retirarei, e o glorificarei.
Fartá-lo-ei com lonjura de dias, e lhe mostrarei a minha salvação.

Conclusão

Como podemos ver, há salmos na bíblia que reafirmam a mensagem um do outro e nos dão uma prova da sua autenticidade.

É sempre bom orá-los em conjunto para reflexão.

Compartilhe Esta Página:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *