Os salmos são uma forma de clamar ao Senhor livramento das dificuldades e orientação para o caminho direito.

Com os salmos, podemos ter confiança que nunca seremos confundidos ou vítimas de injustiça.

Os salmos são uma forma de obter a atenção de Deus para obter livramentos, como da angústia e da ansiedade.

A sensação de angústia é um peso nas nossas costas que pode ser amenizada pelos salmos.

Afinal, os salmos lembram a presença constante de Deus nos momentos mais difíceis da vida, trazendo paz e serenidade.

Fique a seguir com alguns salmos contra a angústia e ore todos os dias, até obter a benignidade de Deus e o alívio no coração e na alma, afastando os sentimentos de tristeza e de injustiça.

Salmo 107

Louvai ao SENHOR, porque ele é bom, porque a sua benignidade dura para sempre.
Digam-no os remidos do Senhor, os que remiu da mão do inimigo,
E os que congregou das terras do oriente e do ocidente, do norte e do sul.
Andaram desgarrados pelo deserto, por caminhos solitários; não acharam cidade para habitarem.
Famintos e sedentos, a sua alma neles desfalecia.
E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.
E os levou por caminho direito, para irem a uma cidade de habitação.
Louvem ao Senhor pela sua bondade, e pelas suas maravilhas para com os filhos dos homens.
Pois fartou a alma sedenta, e encheu de bens a alma faminta.
Tal como a que se assenta nas trevas e sombra da morte, presa em aflição e em ferro;
Porquanto se rebelaram contra as palavras de Deus, e desprezaram o conselho do Altíssimo.
Portanto, lhes abateu o coração com trabalho; tropeçaram, e não houve quem os ajudasse.
Então clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.
Tirou-os das trevas e sombra da morte; e quebrou as suas prisões.
Louvem ao Senhor pela sua bondade, e pelas suas maravilhas para com os filhos dos homens.
Pois quebrou as portas de bronze, e despedaçou os ferrolhos de ferro.
Os loucos, por causa da sua transgressão, e por causa das suas iniqüidades, são aflitos.
A sua alma aborreceu toda a comida, e chegaram até às portas da morte.
Então clamaram ao Senhor na sua angústia, e ele os livrou das suas dificuldades.
Enviou a sua palavra, e os sarou; e os livrou da sua destruição.
Louvem ao Senhor pela sua bondade, e pelas suas maravilhas para com os filhos dos homens.
E ofereçam os sacrifícios de louvor, e relatem as suas obras com regozijo.
Os que descem ao mar em navios, mercando nas grandes águas.
Esses vêem as obras do Senhor, e as suas maravilhas no profundo.
Pois ele manda, e se levanta o vento tempestuoso que eleva as suas ondas.
Sobem aos céus; descem aos abismos, e a sua alma se derrete em angústias.
Andam e cambaleiam como ébrios, e perderam todo o tino.
Então clamam ao Senhor na sua angústia; e ele os livra das suas dificuldades.
Faz cessar a tormenta, e acalmam-se as suas ondas.
Então se alegram, porque se aquietaram; assim os leva ao seu porto desejado.
Louvem ao Senhor pela sua bondade, e pelas suas maravilhas para com os filhos dos homens.
Exaltem-no na congregação do povo, e glorifiquem-no na assembléia dos anciãos.
Ele converte os rios em um deserto, e as fontes em terra sedenta;
A terra frutífera em estéril, pela maldade dos que nela habitam.
Converte o deserto em lagoa, e a terra seca em fontes.
E faz habitar ali os famintos, para que edifiquem cidade para habitação;
E semeiam os campos e plantam vinhas, que produzem fruto abundante.
Também os abençoa, de modo que se multiplicam muito; e o seu gado não diminui.
Depois se diminuem e se abatem, pela opressão, e aflição e tristeza.
Derrama o desprezo sobre os príncipes, e os faz andar desgarrados pelo deserto, onde não há caminho.
Porém livra ao necessitado da opressão, em um lugar alto, e multiplica as famílias como rebanhos.
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a iniqüidade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as benignidades do Senhor.

Salmo 31

Em ti, SENHOR, confio; nunca me deixes confundido. Livra-me pela tua justiça.
Inclina para mim os teus ouvidos, livra-me depressa; sê a minha firme rocha, uma casa fortíssima que me salve.
Porque tu és a minha rocha e a minha fortaleza; assim, por amor do teu nome, guia-me e encaminha-me.
Tira-me da rede que para mim esconderam, pois tu és a minha força.
Nas tuas mãos encomendo o meu espírito; tu me redimiste, Senhor Deus da verdade.
Odeio aqueles que se entregam a vaidades enganosas; eu, porém, confio no Senhor.
Eu me alegrarei e regozijarei na tua benignidade, pois consideraste a minha aflição; conheceste a minha alma nas angústias.
E não me entregaste nas mãos do inimigo; puseste os meus pés num lugar espaçoso.
Tem misericórdia de mim, ó Senhor, porque estou angustiado. Consumidos estão de tristeza os meus olhos, a minha alma e o meu ventre.
Porque a minha vida está gasta de tristeza, e os meus anos de suspiros; a minha força descai por causa da minha iniqüidade, e os meus ossos se consomem.
Fui opróbrio entre todos os meus inimigos, até entre os meus vizinhos, e horror para os meus conhecidos; os que me viam na rua fugiam de mim.
Estou esquecido no coração deles, como um morto; sou como um vaso quebrado.
Pois ouvi a murmuração de muitos, temor havia ao redor; enquanto juntamente consultavam contra mim, intentaram tirar-me a vida.
Mas eu confiei em ti, Senhor; e disse: Tu és o meu Deus.
Os meus tempos estão nas tuas mãos; livra-me das mãos dos meus inimigos e dos que me perseguem.
Faze resplandecer o teu rosto sobre o teu servo; salva-me por tuas misericórdias.
Não me deixes confundido, Senhor, porque te tenho invocado. Deixa confundidos os ímpios, e emudeçam na sepultura.
Emudeçam os lábios mentirosos que falam coisas más com soberba e desprezo contra o justo.
Oh! quão grande é a tua bondade, que guardaste para os que te temem, a qual operaste para aqueles que em ti confiam na presença dos filhos dos homens!
Tu os esconderás, no secreto da tua presença, dos desaforos dos homens; encobri-los-ás em um pavilhão, da contenda das línguas.
Bendito seja o Senhor, pois fez maravilhosa a sua misericórdia para comigo em cidade segura.
Pois eu dizia na minha pressa: Estou cortado de diante dos teus olhos; não obstante, tu ouviste a voz das minhas súplicas, quando eu a ti clamei.
Amai ao Senhor, vós todos que sois seus santos; porque o Senhor guarda os fiéis e retribui com abundância ao que usa de soberba.
Esforçai-vos, e ele fortalecerá o vosso coração, vós todos que esperais no Senhor.

Salmo 74

O salmo 74 é indicado para livrar-se da angústia e da ansiedade, pois nos ajuda, através do espírito, a combater nossa tristeza, nossa ansiedade e nossas angústias.

Veja Também >>  Salmo do Amor

Com fé e coração aberto, entoe este Salmo e sinta o peso de esvaindo de seu ser.

1 O Deus, por que nos rejeitaste para sempre? Por que se acende a tua ira contra as ovelhas do teu pasto?

2 Lembra-te da tua congregação, que compraste desde a antiguidade; da vara da tua herança, que remiste; deste monte Sião, em que habitaste.

3 Levanta os teus pés para as perpétuas assolações, para tudo o que o inimigo tem feito de mal no santuário.

4 Os teus inimigos bramam no meio dos teus lugares santos; põem neles as suas insígnias por sinais.

5 Um homem se tornava famoso, conforme houvesse levantado machados, contra a espessura do arvoredo.

6 Mas agora toda obra entalhada de uma vez quebram com machados e martelos.

7 Lançaram fogo no teu santuário; profanaram, derrubando-a até ao chão, a morada do teu nome.

8 Disseram nos seus corações: Despojemo-los duma vez. Queimaram todos os lugares santos de Deus na terra.

9 Já não vemos os nossos sinais, já não há profeta, nem há entre nós alguém que saiba até quando isto durará.

10 Até quando, ó Deus, nos afrontará o adversário? Blasfemará o inimigo o teu nome para sempre?

11 Porque retiras a tua mão, a saber, a tua destra? Tira-a de dentro do teu seio.

12 Todavia Deus é o meu Rei desde a antiguidade, operando a salvação no meio da terra.

13 Tu dividiste o mar pela tua força; quebrantaste as cabeças das baleias nas águas.

14 Fizeste em pedaços as cabeças do leviatã, e o deste por mantimento aos habitantes do deserto.

15 Fendeste a fonte e o ribeiro; secaste os rios impetuosos.

16 Teu é o dia e tua é a noite; preparaste a luz e o sol.

17 Estabeleceste todos os limites da terra; verão e inverno tu os formaste.

18 Lembra-te disto: que o inimigo afrontou ao SENHOR e que um povo louco blasfemou o teu nome.

19 Não entregues às feras a alma da tua rola; não te esqueças para sempre da vida dos teus aflitos.

20 Atende a tua aliança; pois os lugares tenebrosos da terra estão cheios de moradas de crueldade.

21 Oh, não volte envergonhado o oprimido; louvem o teu nome o aflito e o necessitado.

22 Levanta-te, ó Deus, pleiteia a tua própria causa; lembra-te da afronta que o louco te faz cada dia.

23 Não te esqueças dos gritos dos teus inimigos; o tumulto daqueles que se levantam contra ti aumenta continuamente.

O que os Salmos Para Angústia Fazem?

Os salmos para angústia amenizam as apreensões e acalmam o coração. Aqui, nesta página, estão os principais salmos para angústia, que podem ser invocados a qualquer hora do dia e da noite, em momentos de aflição.

Veja Também >>  Salmo 91 - Áudio Para Download

A sabedoria e os ensinamentos contidos nos salmos para angústia te ajudarão a trabalhar a ansiedade e aliviar a apreensão, transmitindo sensação de paz, segurança e proteção.

Veja abaixo 3 salmos para angústia e uma breve explicação sobre cada um deles:

Salmo 50, versículo 15:e invoca-me no dia da angústia, eu te livrarei, e tu me glorificarás”.

Este salmo é ideal para invocar a proteção divina e alcançar bênçãos; muitas vezes você encontrará pessoas que incentivarão você a desistir, nessas horas lembre-se de invocar este salmo, pois Deus nunca irá desampará-lo.

Salmo 46, versículo 1:Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia”.

Este salmo proporciona alívio e força nos momentos difíceis, pois ele nos faz lembrar que Deus é nosso refúgio e fortaleza, um porto seguro para quando nos sentirmos abandonados pelo mundo.

Salmo 41, versículos 10 e 11:Não temas, pois EU sou contigo; não te assombres, pois EU sou o teu Deus. EU te fortalecerei, e te ajudarei, EU te sustentarei com a destra da minha justiça”.

Este salmo te acalma nos momentos de angústia, evitando que você busque na bebida e nos vícios um consolo para as dificuldades; o principal intuito deste salmo é reforçar e fazer lembrar que Deus sempre estará ao seu lado, guiando seus passos e olhando por você, portanto nunca perca a esperança em dias melhores.

Salmo 51

1 Compadece-te de mim, ó Deus, segundo a tua benignidade; apaga as minhas transgressões, segundo a multidão das tuas misericórdias.

2 Lava-me completamente da minha iniqüidade, e purifica-me do meu pecado.

3 Pois eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim.

4 Contra ti, contra ti somente, pequei, e fiz o que é mau diante dos teus olhos; de sorte que és justificado em falares, e inculpável em julgares.

5 Eis que eu nasci em iniqüidade, e em pecado me concedeu minha mãe.

6 Eis que desejas que a verdade esteja no íntimo; faze-me, pois, conhecer a sabedoria no secreto da minha alma.

7 Purifica-me com hissopo, e ficarei limpo; lava-me, e ficarei mais alvo do que a neve.

8 Faze-me ouvir júbilo e alegria, para que se regozijem os ossos que esmagaste.

9 Esconde o teu rosto dos meus pecados, e apaga todas as minhas iniqüidades.

10 Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito estável.

11 Não me lances fora da tua presença, e não retire de mim o teu santo Espírito.

12 Restitui-me a alegria da tua salvação, e sustém-me com um espírito voluntário.

13 Então ensinarei aos transgressores os teus caminhos, e pecadores se converterão a ti.

14 Livra-me dos crimes de sangue, ó Deus, Deus da minha salvação, e a minha língua cantará alegremente a tua justiça.

15 Abre, Senhor, os meus lábios, e a minha boca proclamará o teu louvor.

16 Pois tu não te comprazes em sacrifícios; se eu te oferecesse holocaustos, tu não te deleitarias.

17 O sacrifício aceitável a Deus é o espírito quebrantado; ao coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus.

18 Faze o bem a Sião, segundo a tua boa vontade; edifica os muros de Jerusalém.

19 Então te agradarás de sacrifícios de justiça dos holocaustos e das ofertas queimadas; então serão oferecidos novilhos sobre o teu altar.

Salmo 22

O salmo 22 é uma oração de angústia e louvor e, no vídeo á seguir, você pode escutá-lo narrado por Cid Moreira.

Salmo 4

Para aliviar o coração e a alma das angústias da vida e vencer honestamente causas judiciais, reze o salmo 4.

1 Responde-me quando eu clamar, ó Deus da minha justiça! Na angústia me deste largueza; tem misericórdia de mim e ouve a minha oração.
2 Filhos dos homens, até quando convertereis a minha glória em infâmia? Até quando amareis a vaidade e buscareis a mentira?
3 Sabei que o Senhor separou para si aquele que é piedoso; o Senhor me ouve quando eu clamo a ele.
4 Irai-vos e não pequeis; consultai com o vosso coração em vosso leito, e calai-vos
5 Oferecei sacrifícios de justiça, e confiai no Senhor.
6 Muitos dizem: Quem nos mostrará o bem? Levanta, Senhor, sobre nós a luz do teu rosto.
7 Puseste no meu coração mais alegria do que a deles no tempo em que se lhes multiplicam o trigo e o vinho.
8 Em paz me deitarei e dormirei, porque só tu, Senhor, me fazes habitar em segurança.

Versículos de Salmos Para Vencer a Angústia

Eu clamo pelo Senhor na minha angústia,
e ele me responde.
Salmos 120:1

Eu, porém, clamo a Deus,
e o Senhor me salvará. À tarde, pela manhã e ao meio-dia
choro angustiado,
e ele ouve a minha voz.
Salmos 55:16-17

No dia da minha angústia clamarei a ti,
pois tu me responderás.
Salmos 86:7

O Senhor está perto
dos que têm o coração quebrantado
e salva os de espírito abatido.
Salmos 34:18

Na sua aflição, clamaram ao Senhor,
e ele os tirou da tribulação
em que se encontravam.
Salmos 107:28

As cordas da morte me envolveram,
as angústias do Sheol vieram sobre mim;
aflição e tristeza me dominaram. Então clamei pelo nome do Senhor:
Livra-me, Senhor! O Senhor é misericordioso e justo;
o nosso Deus é compassivo. O Senhor protege os simples;
quando eu já estava sem forças, ele me salvou. Retorne ao seu descanso, ó minha alma,
porque o Senhor tem sido bom para você!
Salmos 116:3-7

Tribulação e angústia me atingiram,
mas os teus mandamentos são o meu prazer.
Salmos 119:143

Senhor, por que estás tão longe?
Por que te escondes em tempos de angústia?
Salmos 10:1

Responde-me quando clamo,
ó Deus que me fazes justiça!
Dá-me alívio da minha angústia;
tem misericórdia de mim
e ouve a minha oração.
Salmos 4:1

Deem graças ao Senhor porque ele é bom;
o seu amor dura para sempre. Assim o digam os que o Senhor resgatou,
os que livrou das mãos do adversário e reuniu de outras terras,
do oriente e do ocidente, do norte e do sul. Perambularam pelo deserto e por terras áridas
sem encontrar cidade habitada. Estavam famintos e sedentos;
sua vida ia se esvaindo. Na sua aflição, clamaram ao Senhor,
e ele os livrou da tribulação
em que se encontravam e os conduziu por caminho seguro
a uma cidade habitada. Que eles deem graças ao Senhor
por seu amor leal e por suas maravilhas
em favor dos homens, porque ele sacia o sedento
e satisfaz plenamente o faminto. Assentaram-se nas trevas e na sombra mortal,
aflitos, acorrentados, pois se rebelaram contra as palavras de Deus
e desprezaram os desígnios do Altíssimo. Por isso ele os sujeitou a trabalhos pesados;
eles tropeçaram,
e não houve quem os ajudasse. Na sua aflição, clamaram ao Senhor,
e ele os salvou da tribulação
em que se encontravam. Ele os tirou das trevas e da sombra mortal
e quebrou as correntes que os prendiam.
Salmos 107:1-14

Ofereça a Deus em sacrifício a sua gratidão,
cumpra os seus votos para com o Altíssimo, e clame a mim no dia da angústia;
eu o livrarei, e você me honrará.”
Salmos 50:14-15

As angústias do meu coração se multiplicaram;
liberta-me da minha aflição. Olha para a minha tribulação
e o meu sofrimento,
e perdoa todos os meus pecados.
Salmos 25:17-18

Exultarei com grande alegria por teu amor,
pois viste a minha aflição
e conheceste a angústia da minha alma. Não me entregaste
nas mãos dos meus inimigos;
deste-me segurança e liberdade.
Salmos 31:7-8

Minha vida é consumida pela angústia,
e os meus anos pelo gemido;
minha aflição esgota as minhas forças,
e os meus ossos se enfraquecem. Por causa de todos os meus adversários,
sou motivo de ultraje para os meus vizinhos
e de medo para os meus amigos;
os que me veem na rua fogem de mim. Sou esquecido por eles
como se estivesse morto;
tornei-me como um pote quebrado. Ouço muitos cochicharem a meu respeito;
o pavor me domina,
pois conspiram contra mim,
tramando tirar-me a vida. Mas eu confio em ti, Senhor,
e digo: Tu és o meu Deus. O meu futuro está nas tuas mãos;
livra-me dos meus inimigos
e daqueles que me perseguem. Faze o teu rosto resplandecer
sobre o teu servo;
salva-me por teu amor leal.
Salmos 31:10-16

Na minha angústia clamei ao Senhor;
e o Senhor me respondeu,
dando-me ampla liberdade. O Senhor está comigo, não temerei.
O que me podem fazer os homens?
Salmos 118:5-6

Em alta voz clamo ao Senhor;
elevo a minha voz ao Senhor,
suplicando misericórdia. Derramo diante dele o meu lamento;
a ele apresento a minha angústia.
Salmos 142:1-2

Compartilhe Esta Página:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *