O salmo 74 é um salmo indicado para angústia e ansiedade. Este salmo pode trazer paz de espírito e relaxar, ajudando a dormir e até melhorando a imunidade, permitindo que você aproveite a vida e tenha um convívio mais fácil com todos.

O salmo 74 é muito poderoso para a ansiedade e, para que esse poder se torne muito maior, você pode rezá-lo por 3, 7 ou 21 dias seguidos.

Recorrer ao salmos 74 ajuda a se conectar com os céus e procurar a paz de espírito necessária para enxergar com clareza a melhor solução para os problemas.

Livre-se da Ansiedade com o Salmo 74

O Salmo 74 nos ajuda através do espírito a combater nossa tristeza, nossa ansiedade e nossas angústias.

Com fé e coração aberto, entoe este Salmo e sinta o peso de esvaindo de seu ser.

1 O Deus, por que nos rejeitaste para sempre? Por que se acende a tua ira contra as ovelhas do teu pasto?

2 Lembra-te da tua congregação, que compraste desde a antiguidade; da vara da tua herança, que remiste; deste monte Sião, em que habitaste.

3 Levanta os teus pés para as perpétuas assolações, para tudo o que o inimigo tem feito de mal no santuário.

Faça aqui o seu pedido de oração

4 Os teus inimigos bramam no meio dos teus lugares santos; põem neles as suas insígnias por sinais.

5 Um homem se tornava famoso, conforme houvesse levantado machados, contra a espessura do arvoredo.

6 Mas agora toda obra entalhada de uma vez quebram com machados e martelos.

7 Lançaram fogo no teu santuário; profanaram, derrubando-a até ao chão, a morada do teu nome.

8 Disseram nos seus corações: Despojemo-los duma vez. Queimaram todos os lugares santos de Deus na terra.

9 Já não vemos os nossos sinais, já não há profeta, nem há entre nós alguém que saiba até quando isto durará.

10 Até quando, ó Deus, nos afrontará o adversário? Blasfemará o inimigo o teu nome para sempre?

11 Porque retiras a tua mão, a saber, a tua destra? Tira-a de dentro do teu seio.

12 Todavia Deus é o meu Rei desde a antiguidade, operando a salvação no meio da terra.

13 Tu dividiste o mar pela tua força; quebrantaste as cabeças das baleias nas águas.

14 Fizeste em pedaços as cabeças do leviatã, e o deste por mantimento aos habitantes do deserto.

15 Fendeste a fonte e o ribeiro; secaste os rios impetuosos.

16 Teu é o dia e tua é a noite; preparaste a luz e o sol.

17 Estabeleceste todos os limites da terra; verão e inverno tu os formaste.

18 Lembra-te disto: que o inimigo afrontou ao SENHOR e que um povo louco blasfemou o teu nome.

19 Não entregues às feras a alma da tua rola; não te esqueças para sempre da vida dos teus aflitos.

20 Atende a tua aliança; pois os lugares tenebrosos da terra estão cheios de moradas de crueldade.

21 Oh, não volte envergonhado o oprimido; louvem o teu nome o aflito e o necessitado.

22 Levanta-te, ó Deus, pleiteia a tua própria causa; lembra-te da afronta que o louco te faz cada dia.

23 Não te esqueças dos gritos dos teus inimigos; o tumulto daqueles que se levantam contra ti aumenta continuamente.

Salmo 46 Contra a Ansiedade

O salmo 46 também é um salmo indicado contra a ansiedade e pode ser rezado logo á seguir:

1 Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia.

2 Pelo que não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se projetem para o meio dos mares;

3 ainda que as águas rujam e espumem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza.

4 Há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus, o lugar santo das moradas do Altíssimo.

5 Deus está no meio dela; não será abalada; Deus a ajudará desde o raiar da alva.

6 Bramam nações, reinos se abalam; ele levanta a sua voz, e a terra se derrete.

7 O Senhor dos exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio.

8 Vinde contemplai as obras do Senhor, as desolações que tem feito na terra.

9 Ele faz cessar as guerras até os confins da terra; quebra o arco e corta a lança; queima os carros no fogo.

10 Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; sou exaltado entre as nações, sou exaltado na terra.

11 O Senhor dos exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio.

Salmo 65 Para Combater a Ansiedade e Dores Psicológicas

O salmo 65 traz consigo uma energia de resgate das tribulações da vida. O salmo 65 é recomendado para ser usado na recuperação da saúde e superação de algum mal, potencializando a energia física até voltar à vida normal.

Veja Também >>  Salmo 121 - Salmo Curto e Lindo Para Força e Guarda de Deus

A força deste salmo está na busca pela superação. Veja-o á seguir:

“A ti, ó Deus, espera o louvor em Sião, e a ti se pagará o voto. O tu que ouves as orações, a ti virá toda a carne.

Prevalecem as iniquidades contra mim; porém tu limpas as nossas transgressões.

Bem-aventurado aquele a quem tu escolhes, e fazes chegar a ti, para que habite em teus átrios; nós seremos fartos da bondade da tua casa e do teu santo templo.

Com coisas tremendas em justiça nos responderás, ó Deus da nossa salvação; tu és a esperança de todas as extremidades da terra, e daqueles que estão longe sobre o mar.

O que pela sua força consolida os montes, cingido de fortaleza; O que aplaca o ruído dos mares, o ruído das suas ondas, e o tumulto dos povos.

E os que habitam nos fins da terra temem os teus sinais; tu fazes alegres as saídas da manhã e da tarde.

Tu visitas a terra, e a refrescas; tu a enriqueces grandemente com o rio de Deus, que está cheio de água; tu lhe preparas o trigo, quando assim a tens preparada.

Enches de água os seus sulcos; tu lhe aplanas as leivas; tu a amoleces com a muita chuva; abençoas as suas novidades.

Os cingem de alegria. Os campos se vestem de rebanhos, e os vales se cobrem de trigo; eles se regozijam e cantam.”

Para alcançar a graça de resgate das tribulações da vida, as pessoas que se encontram com a mente carregada pelas aflições, sejam de que área for, basta que recitem alguns versos do salmo acima para fazerem um contato com os seres divinos, que estão encarregados de atenderem à humanidade em seus apelos.

Salmo 78 Para Afastar o Desespero, a Impaciência, a Ansiedade e Atrair a Alegria de Viver

O salmo 78 é outro salmo indicado para a ansiedade. Afaste o desespero com este salmo e a impaciência e volte a atrair alegria de viver para o seu pensamento.

1 Escutai o meu ensino, povo meu; inclinai os vossos ouvidos às palavras da minha boca.
2 Abrirei a minha boca numa parábola; proporei enigmas da antigüidade,
3 coisas que temos ouvido e sabido, e que nossos pais nos têm contado.
4 Não os encobriremos aos seus filhos, cantaremos às gerações vindouras os louvores do Senhor, assim como a sua força e as maravilhas que tem feito.
5 Porque ele estabeleceu um testemunho em Jacó, e instituiu uma lei em Israel, as quais coisas ordenou aos nossos pais que as ensinassem a seus filhos;
6 para que as soubesse a geração vindoura, os filhos que houvesse de nascer, os quais se levantassem e as contassem a seus filhos,
7 a fim de que pusessem em Deus a sua esperança, e não se esquecessem das obras de Deus, mas guardassem os seus mandamentos;
8 e que não fossem como seus pais, geração contumaz e rebelde, geração de coração instável, cujo espírito não foi fiel para com Deus.
9 Os filhos de Efraim, armados de arcos, retrocederam no dia da peleja.
10 Não guardaram o pacto de Deus, e recusaram andar na sua lei;
11 esqueceram-se das suas obras e das maravilhas que lhes fizera ver.
12 Maravilhas fez ele à vista de seus pais na terra do Egito, no campo de Zoá.
13 Dividiu o mar, e os fez passar por ele; fez com que as águas parassem como um montão.
14 Também os guiou de dia por uma nuvem, e a noite toda por um clarão de fogo.
15 Fendeu rochas no deserto, e deu-lhes de beber abundantemente como de grandes abismos.
16 Da penha fez sair fontes, e fez correr águas como rios.
17 Todavia ainda prosseguiram em pecar contra ele, rebelando-se contra o Altíssimo no deserto.
18 E tentaram a Deus nos seus corações, pedindo comida segundo o seu apetite.
19 Também falaram contra Deus, dizendo: Poderá Deus porventura preparar uma mesa no deserto? Acaso fornecerá carne para o seu povo?
20 Pelo que o Senhor, quando os ouviu, se indignou; e acendeu um fogo contra Jacó, e a sua ira subiu contra Israel;
21 Pelo que o Senhor, quando os ouviu, se indignou; e acendeu um fogo contra Jacó, e a sua ira subiu contra Israel;
22 porque não creram em Deus nem confiaram na sua salvação.
23 Contudo ele ordenou às nuvens lá em cima, e abriu as portas dos céus;
24 fez chover sobre eles maná para comerem, e deu-lhes do trigo dos céus.
25 Cada um comeu o pão dos poderosos; ele lhes mandou comida em abundância.
26 Fez soprar nos céus o vento do oriente, e pelo seu poder trouxe o vento sul.
27 Sobre eles fez também chover carne como poeira, e aves de asas como a areia do mar;
28 e as fez cair no meio do arraial deles, ao redor de suas habitações.
29 Então comeram e se fartaram bem, pois ele lhes trouxe o que cobiçavam.
30 Não refrearam a sua cobiça. Ainda lhes estava a comida na boca,
31 quando a ira de Deus se levantou contra eles, e matou os mais fortes deles, e prostrou os escolhidos de Israel.
32 Com tudo isso ainda pecaram, e não creram nas suas maravilhas.
33 Pelo que consumiu os seus dias como um sopro, e os seus anos em repentino terror.
34 Quando ele os fazia morrer, então o procuravam; arrependiam-se, e de madrugada buscavam a Deus.
35 Lembravam-se de que Deus era a sua rocha, e o Deus Altíssimo o seu Redentor.
36 Todavia lisonjeavam-no com a boca, e com a língua lhe mentiam.
37 Pois o coração deles não era constante para com ele, nem foram eles fiéis ao seu pacto.
38 Mas ele, sendo compassivo, perdoou a sua iniqüidade, e não os destruiu; antes muitas vezes desviou deles a sua cólera, e não acendeu todo o seu furor.
39 Porque se lembrou de que eram carne, um vento que passa e não volta.
40 Quantas vezes se rebelaram contra ele no deserto, e o ofenderam no ermo!
41 Voltaram atrás, e tentaram a Deus; e provocaram o Santo de Israel.
42 Não se lembraram do seu poder, nem do dia em que os remiu do adversário,
43 nem de como operou os seus sinais no Egito, e as suas maravilhas no campo de Zoã,
44 convertendo em sangue os seus rios, para que não pudessem beber das suas correntes.
45 Também lhes mandou enxames de moscas que os consumiram, e rãs que os destruíram.
46 Entregou às lagartas as novidades deles, e o fruto do seu trabalho aos gafanhotos.
47 Destruiu as suas vinhas com saraiva, e os seus sicômoros com chuva de pedra.
48 Também entregou à saraiva o gado deles, e aos coriscos os seus rebanhos.
49 E atirou sobre eles o ardor da sua ira, o furor, a indignação, e a angústia, qual companhia de anjos destruidores.
50 Deu livre curso à sua ira; não os poupou da morte, mas entregou a vida deles à pestilência.
51 Feriu todo primogênito no Egito, primícias da força deles nas tendas de Cão.
52 Mas fez sair o seu povo como ovelhas, e os guiou pelo deserto como a um rebanho.
53 Guiou-os com segurança, de sorte que eles não temeram; mas aos seus inimigos, o mar os submergiu.
54 Sim, conduziu-os até a sua fronteira santa, até o monte que a sua destra adquirira.
55 Expulsou as nações de diante deles; e dividindo suas terras por herança, fez habitar em suas tendas as tribos de Israel.
56 Contudo tentaram e provocaram o Deus Altíssimo, e não guardaram os seus testemunhos.
57 Mas tornaram atrás, e portaram-se aleivosamente como seus pais; desviaram-se como um arco traiçoeiro.
58 Pois o provocaram à ira com os seus altos, e o incitaram a zelos com as suas imagens esculpidas.
59 Ao ouvir isso, Deus se indignou, e sobremodo abominou a Israel.
60 Pelo que desamparou o tabernáculo em Siló, a tenda da sua morada entre os homens,
61 dando a sua força ao cativeiro, e a sua glória à mão do inimigo.
62 Entregou o seu povo à espada, e encolerizou-se contra a sua herança.
63 Aos seus mancebos o fogo devorou, e suas donzelas não tiveram cântico nupcial.
64 Os seus sacerdotes caíram à espada, e suas viúvas não fizeram pranto.
65 Então o Senhor despertou como dum sono, como um valente que o vinho excitasse.
66 E fez recuar a golpes os seus adversários; infligiu-lhes eterna ignomínia.
67 Além disso, rejeitou a tenda de José, e não escolheu a tribo de Efraim;
68 antes escolheu a tribo de Judá, o monte Sião, que ele amava.
69 Edificou o seu santuário como os lugares elevados, como a terra que fundou para sempre.
70 Também escolheu a Davi, seu servo, e o tirou dos apriscos das ovelhas;
71 de após as ovelhas e suas crias o trouxe, para apascentar a Jacó, seu povo, e a Israel, sua herança.
72 E ele os apascentou, segundo a integridade do seu coração, e os guiou com a perícia de suas mãos.

Salmo 27 Para Medo e Ansiedade

O salmo a seguir é um poderoso salmo para vencer o medo e a ansiedade. Reze este poderoso Salmo e sinta a força da proteção Divina que lhe estende a mão para ajudá-lo a seguir em frente.

O SENHOR Deus é a minha luz e a minha salvação;
de quem terei medo?
O SENHOR livra-me de todo o perigo;
não terei medo de ninguém.

Quando homens maus avançarem contra mim
para destruir-me,
eles, meus inimigos e meus adversários,
é que tropeçarão e cairão.

Ainda que um exército inteiro me cerque, não terei medo;
ainda que os meus inimigos me ataquem,
continuarei a confiar em Deus.

A Deus, o SENHOR, pedi uma coisa,
e o que quero é só isto:
que me deixe viver na sua casa todos os dias da minha vida,
para sentir, maravilhado, a sua bondade
e pedir a sua orientação.5 Em tempos difíceis, ele esconder-me-á no seu abrigo.
Ele guardar-me-á no seu Templo
e me colocar-me-á em segurança no cimo de uma rocha.

Assim vencerei os inimigos que me cercam.
Com gritos de alegria,
oferecerei sacrifícios no seu Templo;
cantarei e louvarei a Deus, o SENHOR.

SENHOR, ouve-me quando eu Te chamar!
Tem compaixão de mim e responde-me.

Tu disseste: “Vem adorar-Me.”
Eu respondo: “Eu irei adorar-Te, ó SENHOR Deus.”

Não te escondas de mim.
Não fiques irado comigo;
não rejeites este teu servo.
Ó Deus, meu libertador,
tu tens sido a minha ajuda;
não me deixes,
não me abandones.

Ainda que o meu pai e a minha mãe me abandonem,
o SENHOR cuidará de mim.

Ó SENHOR Deus, ensina-me a fazer a Tua vontade
e guia-me por um caminho seguro,
pois os meus inimigos são muitos.

Não me entregues nas mãos desses inimigos,
que dizem mentiras contra mim e me ameaçam com violência.

Estou certo de que verei, ainda nesta vida,
o SENHOR Deus mostrar a Sua bondade.

Confie no SENHOR. Tenha fé e coragem. Confie em Deus, o SENHOR.

5 Versículos de Salmos que nos dão Conforto nos Momentos de Ansiedade

Os versículos podem te ajudar muito nos momentos de ansiedade e lhe ajudar a refletir se a sua ansiedade realmente faz sentido.

Salmo 94:18-19 “Quando eu disse: “Os meus pés escorregaram”, o teu amor leal, Senhor, me amparou! Quando a ansiedade já me dominava no íntimo, o teu consolo trouxe alívio à minha alma”.

Salmo 103:13-14 “Como um pai tem compaixão de seus filhos, assim o Senhor tem compaixão dos que o temem; pois ele sabe do que somos formados; lembra-se de que somos pó”.

Salmo 34:17-18 “Os justos clamam, o Senhor os ouve e os livra de todas as suas tribulações. O Senhor está perto dos que têm o coração quebrantado e salva os de espírito abatido”.

Salmo 34:22 “O Senhor redime a vida dos seus servos; ninguém que nele se refugia será condenado”.

Salmo 32:7 “Tu és o meu abrigo; tu me preservarás das angústias e me cercarás de canções de livramento”.

Compartilhe Esta Página:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *